11 de mar de 2011

Testes genéticos prometem prever talento para esportes

Seu filho nasceu para ser um atleta de elite? Vendedores de testes genéticos nos Estados Unidos afirmam que a resposta está em exames feitos pelo correio, por menos de US$ 200 (R$ 332).

Alguns clientes dizem que os resultados ajudam a conduzir os filhos para os esportes certos. Mas médicos afirmam que os testes colocam os lucros à frente da ciência.

Pesquisadores já identificaram vários genes que podem determinar força, velocidade e outros aspectos da performance atlética.

Mas é possível que haja mais centenas de genes relacionados, além das experiências que determinam as habilidades atléticas, afirma Alison Brooks, especialista em medicina do esporte na Universidade de Wisconsin.

Brooks escreveu um comentário sobre o assunto na revista "Jama", da Associação Médica Americana.

Bradley Marston, de Bountiful, Utah, comprou um teste pela internet há um ano para sua filha Elizabeth, 10.

Como ela joga futebol "muito bem", Marston queria saber se ela tinha uma variação do gene ACTN3, ligado à produção de uma proteína que atua nos músculos.

Uma forma desse gene foi ligada a explosões de força necessárias para atividades como corrida curta e levantamento de peso.

O teste de Elizabeth mostrou que ela tem o gene para explosão muscular. Seu pai espera que esse resultado a ajude a ganhar uma bolsa de estudos para a faculdade.

Mas, para o especialista em genética Stephen Roth, da Universidade de Maryland, a ciência de como genes influenciam habilidades atléticas está em fase inicial, e as promessas das fabricantes de testes estão baseadas em "suposições imprecisas".

Lainie Friedman Ross, especialista em ética médica da Universidade de Chicago, alerta que as crianças podem não entender os resultados dos exames. "Isso é genética recreativa, com pontencial para causar danos", diz Ross.

Dr. Daniel D´Attilio
Texto Retirado do Site Folha.com

0 comentários:

Postar um comentário

 
As informações deste blog tem objetivo de informar e propagar o conhecimento. Não estão aqui em caráter de consulta, tampouco substituem a consulta médica ou fisioterapêutica. Os profissionais de saúde são os únicos indicados para avaliar e traçar a conduta necessária caso a caso. Se estiver com algum problema, procure um profissional de saúde.